Autonomia - Usina Pedagógica
3986
post-template-default,single,single-post,postid-3986,single-format-image,bridge-core-2.3.2,cooltimeline-body,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-21.8,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default

Autonomia

Autonomia

post_21.08.jpg

“O primeiro instinto da criança é agir sozinha, sem a ajuda de outrem, e o seu primeiro ato consciente de independência é defender-se dos que procuram ajudá-la.” Para Maria Montessori a busca pela autonomia e pela construção da própria personalidade está presente na criança desde o seu nascimento, em todos os seus estágios evolutivos. O alcance desta independência física e mental da criança dá-se através de seu esforço individual à medida que lhe são oferecidas as devidas condições.

O sistema Montessori é todo criado para que a criança sinta cada vez mais, que é ela quem está no comando de seu próprio desenvolvimento, portanto ela é o seu melhor professor. Isso desenvolve na criança um controle interno e um conhecimento dos materiais com os quais está trabalhando, não importa seu estágio. Em qualquer estágio, a criança sentirá esse eixo dentro de si mesma, o sentimento de que ela pode se apropriar dos materiais de maneira a promover o desenvolvimento de suas capacidades e potencialidades, ou seja, ela conquista uma autonomia para o seu desenvolvimento.”
Fonte: www.metodomontessori.com.br

Sem Comentários

Postar Comentário