Carta aos pais - Usina Pedagógica
3957
page-template-default,page,page-id-3957,bridge-core-2.3.2,cooltimeline-body,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-21.8,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default

Queridos Pais,

O papel de educar nem sempre é um mar de rosas e de facilidades, entendemos – e fazemos parte disso diariamente – a missão que é apresentar o mundo a um ser tão pequenininho, mas que transborda curiosidade e instinto.

 

Essa carta é para você, mamãe, papai, vovó, titia, a família… que nos encontrou e queremos conversar com você sobre o quão importante é a infância.

 

Você tem recordações de sua infância? De bons momentos, das descobertas do dia a dia e vivências que marcaram lembranças eternas? Aquele cheirinho da comida de casa que até hoje te remete a uma memória, um melhor amigo que talvez hoje não se falem mais, mas que o carinho ainda está presente em seu coração.

 

A infância é uma fase delicada e que as crianças caminham para criar memórias. Laços afetivos, seu lugar no mundo, o que é o mundo e tudo que nos rodeia. A partir dela reconhecemos nossas emoções, reações, como lidamos com nossas alegrias e nossas frustrações. Como sonhamos, nos esforçamos e conquistamos.

 

Ah! Como a sensação de conseguir é encantadora!

 

As crianças conquistam todos os dias e são esses detalhes – que por muitas vezes, para nós adultos, passam despercebidos – que acrescentam em seu desenvolvimento.

 

A escola tem um papel muito importante nesse momento de crescimento; proporcionamos possibilidades de sonhar, de criar, de ser livre para trilhar seu caminho em todos os seus interesses e compreender o mundo. Sentir-se parte do mundo. Entendemos que o seu filho é o bem mais precioso que carregamos em nossas mãos, que acolhemos em nossos braços… e que deve ser cuidado, apreciado, observado e que possamos permitir que ele viva.

 

Infância precisa ser sentida, com gostos, cheiros, toques, experimentada verdadeiramente e com liberdade. Regada de amor. Educar é amor. Os aprendizados que adquirimos quando crianças, levamos durante toda a vida.

 

Estamos preparados para permitir.

 

Nos esforçamos para uma educação com amor e respeito, com autonomia e felicidade.
Fazemos diferente porque somos diferentes, e mais ainda, acreditamos na Infância.

 

Com carinho,

Usina Pedagógica